A vida imperial

Fotografia

12.06.12

Será lan­ça­do hoje, dia 12 de junho, no Rio de Janeiro, o livro Fotografia e impé­rio, de Natalia Brizuela, um estu­do sobre a ínti­ma rela­ção entre o Império bra­si­lei­ro e a mídia foto­grá­fi­ca. A auto­ra con­tem­pla, ana­li­sa e inter­pre­ta uma série de ima­gens pro­du­zi­das no Brasil por fotó­gra­fos (em sua mai­o­ria) euro­peus ao lon­go do sécu­lo XIX ? des­ve­lan­do a osci­lan­te rela­ção entre as repre­sen­ta­ções da rea­li­da­de, os meca­nis­mos do dese­jo e a cons­tru­ção de geo­gra­fi­as ima­gi­ná­ri­as. O lan­ça­men­to no Rio con­ta­rá com um deba­te entre Flora Sussekind, Sergio Burgi e a auto­ra. Amanhã, dia 13 de junho, a obra será lan­ça­da no Centro de Convenções da FAAP, em São Paulo, e have­rá um deba­te com Thyago Nogueira (edi­tor da revis­ta ZUM), Rubens Fernandes Junior e a auto­ra.

Para cele­brar a publi­ca­ção do livro, que é uma coe­di­ção entre o IMS e a Companhia das Letras, o Blog do IMS pre­pa­rou uma sele­ção de algu­mas ima­gens ana­li­sa­das na obra:

, , , , ,