Antonio Candido e Shakespeare

Vídeos

18.09.13

Antonio Candido em 1982, por Madalena Schwartz | Acervo Instituto Moreira Salles

Antonio Candido, o mais impor­tan­te crí­ti­co lite­rá­rio bra­si­lei­ro, com­ple­tou 95 anos no últi­mo 24 de julho. Analista fun­da­men­tal de todos os prin­ci­pais auto­res naci­o­nais, ele tam­bém é um intér­pre­te rele­van­te de clás­si­cos como Shakespeare. Em sua par­ti­ci­pa­ção no semi­ná­rio “Ética”, que Adauto Novaes orga­ni­zou em 1992 e cuja edi­ção em livro é até hoje suces­so de ven­das, Candido esco­lheu a peça Ricardo II como mote. Neste resu­mo em vídeo que o Blog do IMS recu­pe­ra por gen­ti­le­za de Adauto, o crí­ti­co res­sal­ta os valo­res que per­pas­sam a his­tó­ria de um rei deso­be­de­ci­do e depois assas­si­na­do. “Mais do que o enre­do, são os prin­cí­pi­os que estão em jogo, sobre­tu­do a legi­ti­mi­da­de”, des­ta­ca ele, que apa­re­ce aci­ma num belo retra­to fei­to por Madalena Schwartz e que inte­gra o acer­vo do IMS.

http://www.youtube.com/watch?v=QMCFS4Z5bc8

, ,