Mànya Millen

Entre etéreo e humano

Mànya Millen

12.12.16

Otto Stupakoff rodou o mundo, viveu o mundo, absorveu o mundo e o registrou sob diversos ângulos. O fotógrafo foi um mundo inteiro, em busca de toda forma de arte. (Mànya Millen)

Acervo vivo

Mànya Millen

16.11.16

A obra de Rachel de Queiroz começa a ser reeditada com O Quinze, seu romance de estreia, de 1930. Para esta 104ª edição, o acervo da escritora, sob guarda do IMS, foi fundamental. (Mànya Millen)

Associados ao IMS

Mànya Millen

25.10.16

Cerca de 700 mil foto­gra­fi­as e 300 mil nega­ti­vos, per­ten­cen­tes aos Diários Associados e cobrin­do qua­se um sécu­lo, pas­sam a inte­grar o acer­vo do IMS. (Mànya Millen)

J. Carlos para crianças

Mànya Millen

11.10.16

Um dos maiores cronistas visuais do Rio no século XX, J. Carlos teve também um lado menos celebrado, embora igualmente caprichado: o de autor para crianças. (Mànya Millen)

O som ao redor

Mànya Millen

08.09.16

Dizer que o Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro abrigará, entre setembro e novembro, a maior e mais abrangente exposição do albanês Anri Sala no Brasil é apenas uma meia verdade. Isso porque a casa na Gávea, projetada por Olavo Redig de Campos e considerada um marco da arquitetura moderna da década de 1950, não servirá somente como galeria para Anri Sala: o momento presente. Muito além disso, a casa é uma coadjuvante de peso da exposição, projetada especialmente para o espaço, evidenciando a relação entre som e arquitetura que o artista vem explorando cada vez mais em seus trabalhos.