Transparências de Richard Serra

Vídeos

11.08.14

No dia 29 de maio, duran­te a aber­tu­ra da expo­si­ção Richard Serra: dese­nhos na casa da Gávea, o artis­ta con­ver­sou com o crí­ti­co Rodrigo Naves sobre este pro­je­to cri­a­do espe­ci­fi­ca­men­te para a casa do IMS no Rio de Janeiro.

Na con­ver­sa, Serra reve­lou os moti­vos por trás das remo­ções de pare­des de rebo­co na casa da Gávea do IMS, alte­ran­do o dese­nho ori­gi­nal do lugar e enfa­ti­zan­do trans­pa­rên­ci­as e uma visi­bi­li­da­de à lon­ga dis­tân­cia. Essa peque­na revo­lu­ção na arqui­te­tu­ra da casa dese­nhou novas rela­ções entre o jar­dim de Burle Marx e os espa­ços inter­nos e, assim, Serra cri­ou pos­si­bi­li­da­des iné­di­tas de lei­tu­ra de seus dese­nhos, mes­mo que tais mudan­ças tenham redu­zi­do o espa­ço expo­si­ti­vo, for­çan­do-o a esco­lher menos obras para mos­trar.

Durante a entre­vis­ta, o artis­ta tam­bém deta­lhou o pro­ces­so de cri­a­ção das Courtauld Transparencies, expos­tas na Sala 4 da casa (cli­que aqui para rea­li­zar um tour vir­tu­al pela expo­si­ção), que arti­cu­lam uma espé­cie de tri­di­men­si­o­na­li­da­de nos dese­nhos atra­vés do uso cri­a­ti­vo da folha de ace­ta­to trans­pa­ren­te conhe­ci­da como Mylar. 

A expo­si­ção de 96 tra­ba­lhos fica em car­taz até o dia 28 de setem­bro. Até o fim da mos­tra, uma série de even­tos rela­ci­o­na­dos ocor­re­rão no IMS do Rio de Janeiro:

Visita gui­a­da e deba­te: 14 de agos­to, visi­ta às 18h30 e deba­te às 20h

Seminário Richard Serra e os luga­res da arte: 26 a 28 de agos­to

Conversas na gale­ria: 23 de agos­to, às 17h, com João Masao Kamita; 3 de setem­bro, às 17h, com Ronaldo Brito.

 

, ,