Millôr no Arpoador

Miscelânea

30.05.13

Millôr Fernandes (1923–2012) ganhou um monu­men­to em sua home­na­gem num dos seus luga­res pre­fe­ri­dos no Rio de Janeiro: o Arpoador, no iní­cio de Ipanema. Uma área entre a pedra do Arpoador e a Praia do Diabo já tinha sido bati­za­da no ano pas­sa­do de Largo do Millôr, e des­de o últi­mo 27 de maio con­ta com um ban­co de onde sai o per­fil do car­tu­nis­ta, escri­tor, tra­du­tor e um dos gran­des inte­lec­tu­ais bra­si­lei­ros do sécu­lo XX. O per­fil de Millôr sen­ta­do foi dese­nha­do pelo ami­go Chico Caruso, outro gran­de car­tu­nis­ta, e o pro­je­to do monu­men­to tem assi­na­tu­ra de Jaime Lerner. Ganhou o ape­li­do de “O pen­sa­dor de Ipanema”.

A con­vi­te do Blog do IMS, o fotó­gra­fo Leonardo Aversa regis­trou a obra em seus pri­mei­ros dias, inclu­si­ve no fim de tar­de, quan­do é comum pes­so­as irem ao Arpoador ver o sol se pôr atrás do Morro Dois Irmãos. Veja as fotos abai­xo (cli­que sobre cada uma para ver em tama­nho mai­or):

Crédito: Leonardo Aversa

Crédito: Leonardo Aversa

***

Confira tam­bém a série sobre Millôr Fernandes pro­du­zi­da pelo Blog do IMS, com ima­gens do estú­dio do artis­ta regis­tra­das por Cristiano Mascaro e depoi­men­tos de Luis Fernando Verissimo, Sergio Augusto e Fernanda Montenegro, den­tre outros.


,