Nazareth 150 anos: contagem regressiva

Música

20.03.12

Guardião do acer­vo de Ernesto Nazareth, um dos com­po­si­to­res mais impor­tan­tes do Brasil, o Instituto Moreira Salles sai na fren­te das come­mo­ra­ções dos 150 anos do com­po­si­tor e apre­sen­ta, na data de seu ani­ver­sá­rio de 149 anos — hoje, 20 de mar­ço de 2012 — um reci­tal no IMS-RJ, além de lan­çar o site www.ernestonazareth150anos.com.br. O reci­tal reu­ni­rá alguns dos melho­res ins­tru­men­tis­tas do país: Alexandre Dias (pia­no), Marcilio Lopes (ban­do­lim), Marcelo Bernardes (flau­tis­ta), Luciana Rabello (cava­qui­nho), Mauricio Carrilho (vio­lão) e Paulo Aragão (vio­lão), que inter­pre­tam uma sele­ção espe­ci­al de pol­cas, val­sas e tan­gos que fize­ram de Nazareth um dos pila­res da músi­ca bra­si­lei­ra. Os ingres­sos estão à ven­da ape­nas no IMS-RJ. Valores: R$ 20,00 (intei­ra) e R$ 10,00 (meia) — 2 ingres­sos por pes­soa. Haverá um telão gra­tui­to na área exter­na. O Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro está loca­li­za­do na rua Marquês de São Vicente, 476.

Confira abai­xo o vídeo do lan­ça­men­to do site.

O site tem coor­de­na­ção do pia­nis­ta e pes­qui­sa­dor Alexandre Dias, espe­ci­a­lis­ta na obra de Nazareth, do vio­lo­nis­ta e arran­ja­dor Paulo Aragão, ide­a­li­za­dor do por­tal, e de Bia Paes Leme, coor­de­na­do­ra do acer­vo de músi­ca do IMS. No site, o públi­co pode­rá ter aces­so às par­ti­tu­ras das 211 com­po­si­ções de Nazareth na ver­são ori­gi­nal para pia­no, além de 60 com­po­si­ções na iné­di­ta ver­são melo­dia e cifra, todas com a pos­si­bi­li­da­de de down­lo­ad em PDF — a obra com­ple­ta, na ver­são melo­dia e cifra, esta­rá dis­po­ní­vel para con­sul­ta e down­lo­ad até o final de maio. Também pode­rão ser encon­tra­dos tex­tos exclu­si­vos sobre cada obra de Nazareth; aces­so à dis­co­gra­fia com­ple­ta — são mais de duas mil gra­va­ções fei­tas até hoje que pode­rão ser ouvi­das mais adi­an­te em stre­a­ming; linha do tem­po com a vida e obra do com­po­si­tor ela­bo­ra­da pelo bió­gra­fo de Nazareth, Luiz Antonio de Almeida; e um blog. Até o final do mês de maio, cons­ta­rão ain­da no site manus­cri­tos de Nazareth; arran­jos para for­ma­ções ins­tru­men­tais vari­a­das; far­to acer­vo de ima­gens e uma heme­ro­te­ca. Todas as atu­a­li­za­ções serão noti­fi­ca­das pelo blog.