Nilton Santos

Vídeos

12.12.13

Nilton Santos nos tempos de Botafogo

Nilton Santos mor­reu em 27 de novem­bro, aos 82 anos, reco­nhe­ci­do como o mai­or late­ral-esquer­do da his­tó­ria do Botafogo, da sele­ção bra­si­lei­ra e, para a FIFA, de todo o fute­bol. Foi bicam­peão mun­di­al em 1958 e 1962.

Os víde­os reu­ni­dos no Blog do IMS mos­tram que ele ganhou a alcu­nha de Enciclopédia do Futebol não só por enten­der tudo de seu ofí­cio, mas tam­bém por levar para fora do cam­po a ele­gân­cia que esban­ja­va den­tro dele.

Os cine­as­tas João Moreira Salles e Arthur Fontes entre­vis­ta­ram Nilton para o docu­men­tá­rio Futebol, lan­ça­do em 1998. Do mate­ri­al bru­to da pro­du­ção da Vídeo Filmes, sele­ci­o­na­mos qua­tro tre­chos que ser­vem como home­na­gem ao ído­lo e lição para os súdi­tos.

Os dois lados do fute­bol

“O cra­que só se pre­o­cu­pa com o adver­sá­rio. Quem não é cra­que

se pre­o­cu­pa com a bola e até com o cam­po”

A aman­te mais que­ri­da

“A bola nun­ca me traiu. Ninguém quer ser chu­ta­da de bico, mui­to menos a bola”

Chuteiras sem pátria

“Não tem nada a ver con­fun­dir fute­bol com patri­o­tis­mo”

A vida após a fama

“Quando a gen­te joga, você quer uma toa­lha, jogam cin­co em cima de você.

Quando para, aí é que você vai sen­tir o equi­lí­brio do cara”

, , , , , , , ,