Equipe IMS

O meme, o soneto e o escorbuto

Victor Heringer

19.07.17

Victor Heringer mergulha na genealogia dos memes de internet para refletir sobre a relevância da poesia na sociedade contemporânea e descobre quem tomou o lugar de sonetos, trovas, rondós e cantigas.

Os grandes sóis violentos

José Geraldo Couto

27.04.17

“O sonho acabou; quem não dormiu no sleeping-bag nem sequer sonhou.” A frase da canção de Gilberto Gil talvez seja uma maneira de resumir em poucas palavras o espírito de No intenso agora. Qualquer descrição ou sinopse será empobrecedora e ilusória, inclusive esta: o documentário de João Moreira Salles, exibido no Rio e em São Paulo no festival É Tudo Verdade, organiza e discute imagens filmadas na China maoísta de 1966, na França de maio de 1968, na Tchecoslováquia da Primavera de Praga e no Brasil da ditadura militar.

Firme no Leme

Equipe IMS

06.06.16

Que se cuide o Carlos Drummond de Andrade sentadinho naquele banco quase na outra ponta de Copacabana. Em pose parecida com a do poeta – de pernas cruzadas e de costas para o mar – Clarice Lispector também ganhou réplica em bronze acomodada na mureta do Leme. E logo nos primeiros 20 dias integrada à paisagem, a primeira estátua de artista mulher no Rio, se não chegou a superar, deve ter igualado o recorde de Drummond em número de selfies com passantes.

Dia D estátua

Equipe IMS

27.10.15

Inaugurada às vésperas do centenário do poeta, em outubro de 2002, a estátua de Drummond na av. Atlântica, no Rio de Janeiro, foi criada por Leo Santana a partir de um retrato do fotógrafo Rogério Reis. Os flagrantes do carinho especial de cariocas e turistas com o Drummond de bronze já superam em muito os constantes atos de vandalismo.

Morre o poeta Manuel Graña Etcheverry, genro de Drummond

Equipe IMS

27.05.15

O poeta e tradutor argentino Manuel Graña Etcheverry morreu nesta quarta (27), aos 99 anos. Ele foi genro de Carlos Drummond de Andrade, de quem transpôs muitos poemas para o espanhol. Teve três filhos com Maria Julieta Drummond de Andrade. Como político em seu país, notabilizou-se como relator da lei que instituiu o voto feminino em 1947.

Sabadoyle: o último salão literário

Elvia Bezerra

10.11.14

No dia 25 de dezembro de 1964 nascia, de maneira curiosa, no Rio de Janeiro, o último salão literário do Brasil. Grêmio literário? Academia paralela? Ninguém melhor que Drummond, o fundador involuntário, para definir as reuniões “em que se esquecem preocupações e tédios, no exercício desta coisa que se vai tornando rara ou impossível na cidade de hoje: a conversa".

Manuel Bandeira: a vida inteira

Elvia Bezerra

19.04.14

No aniversário do poeta, a coordenadora de literatura do IMS relembra as casas onde ele morou e os poemas que elas inspiraram. O cenário doméstico e a vida da vizinhança foram matéria importante na obra de Bandeira, que desenhou para o colega Mario Quintana um mapa do entorno de sua casa, na Lapa. O desenho está no acervo do artista gaúcho, no IMS.

Drummond relançado — quatro perguntas a Leandro Sarmatz

Equipe IMS

12.03.12

O jornalista, escritor e poeta Leandro Sarmatz, autor de Uma fome e Logocausto, foi recentemente incumbido da tarefa de reeditar a obra de Drummond, que será relançada pela Companhia das Letras no dia 14 de março. Para celebrar a nova edição, foram programados diversos eventos e saraus em homenagem ao grande poeta mineiro. Leandro Sarmatz respondeu a quatro perguntas do Blog do IMS sobre Drummond e o trabalho de edição.

Dia D: celebre a obra de Drummond

Equipe IMS

31.10.11

No dia 31 de outubro de 1902, nascia o grande poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987). Para comemorar a data, o Instituto Moreira Salles lança a ideia de instituir umDia D - Dia Drummond -, que passa a fazer parte do calendário cultural do país. Assim como os irlandeses (e hoje o mundo inteiro) festejam a vida do escritor James Joyce no dia 16 de junho com o Bloomsday, os brasileiros começarão a homenagear um de seus maiores poetas sempre no dia de seu nascimen- to. O objetivo é promover e difundir a sua obra. Para isso, convida parcei- ros e amigos para comemorar a data, em todo o Brasil, a partir deste ano.

Caderno de pesquisa: Editora Sabiá e Editora do Autor

Mariana Newlands

09.09.11

Em destaque, a Editora do Autor, fundada em 1960 por Fernando Sabino, Rubem Braga e Walter Acosta, e a Editora Sabiá, fundada pelos dois primeiros em 1966, obras de João Cabral de Melo Neto, Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge de Lima, Carlos Drummond de Andrade, Jorge Luis Borges, J. D. Salinger.