Equipe IMS

O espetáculo da guerra

José Geraldo Couto

28.07.17

Vamos falar de Dunkirk, o novo filme do controverso Christopher Nolan, que se debruça sobre um célebre evento da Segunda Guerra Mundial: a retirada por mar de soldados britânicos e franceses encurralados pelas forças alemãs na cidade de Dunquerque, no norte da França.

Os grandes sóis violentos

José Geraldo Couto

27.04.17

“O sonho acabou; quem não dormiu no sleeping-bag nem sequer sonhou.” A frase da canção de Gilberto Gil talvez seja uma maneira de resumir em poucas palavras o espírito de No intenso agora. Qualquer descrição ou sinopse será empobrecedora e ilusória, inclusive esta: o documentário de João Moreira Salles, exibido no Rio e em São Paulo no festival É Tudo Verdade, organiza e discute imagens filmadas na China maoísta de 1966, na França de maio de 1968, na Tchecoslováquia da Primavera de Praga e no Brasil da ditadura militar.

Atados por cartas

Laura Erber

28.09.16

Durante anos, Baudelaire e sua mãe mantiveram intenso contato através de cartas. Boa parte dessa correspondência testemunha a urgência do poeta em vê-la e ao mesmo tempo a impossibilidade de visitá-la. Problemas de saúde, problemas de dinheiro. Se toda carta de amor é ridícula e se toda carta é sempre, em alguma medida, uma carta de amor, o afeto epistolar entre ambos é testemunha de um drama amoroso dos mais fascinantes.

Brasil, capital Paris

Carla Rodrigues

29.06.16

Carla Rodrigues comenta dois livros recém-lançados que, à primeira vista, em nada se parecem: A tortura como arma de guerra, da jornalista Leneide Duarte-Plon, e Gênero e trabalho no Brasil e na França, coletânea de artigos organizada pelas pesquisadoras Alice Abreu, Helena Hirata e Maria Rosa Lombardi. Ainda que discutam temas muito distintos. ambos os livros têm em comum o debate das difíceis e intrincadas relações do Brasil com a França, em relação a quem o país ocupa uma posição ambígua.

Paris-Japão

Equipe IMS

13.06.16

Na semana em que a exposição de Haruo Ohara está de mudança do Museu de Arte de Kochi para o Museu de Arte de Itami, no Japão, o acervo fotográfico do Instituto Moreira Salles amplia suas fronteiras de visitação pública com a abertura nesta terça-feira (14/6) na Maison Européenne de la Photographie, em Paris, da primeira grande retrospectiva da obra de Marcel Gautherot fora do Brasil. A experiência de trabalho conjunto com pesquisadores de fora do país é, para Sergio Burgi, uma tentativa de entender a produção fotográfica no Brasil num contexto globalizado.

Paris, o dia seguinte

Equipe IMS

21.11.15

Na noite de 13 de novembro, em Paris, Alex Majoli estava com um amigo no restaurante Chez Omar, a apenas duas quadras da casa de shows Bataclan. O fotógrafo da agência Magnum estava sem sua câmera, e fez alguns registros com o celular. No dia seguinte, câmera em mãos, saiu às ruas da capital francesa para registrar a reação das pessoas e a atmosfera nos arredores dos locais onde ocorreram os atentados terroristas levados a cabo pelo Estado Islâmico.  O site da ZUM apresenta uma seleção dessas imagens e um vídeo feitos pelo fotógrafo italiano.

Notas sobre a linguagem jornalística no cinema de ficção

Luiz Alberto Sanz

20.07.14

Jornalista e documentarista disseca, momento a momento, o clássico A batalha de Argel, que o IMS lança em DVD e exibe em sessão especial no dia 24, às 20h. O filme de Gillo Pontecorvo conta a resistência na Argélia à ocupação francesa. A independência foi conquistada em 1960 após anos de repressão, tortura e atos terroristas.

Meus 80 anos — por Agnès Varda

Equipe IMS

13.11.13

"Tem coisas encenadas, mas não pertence à ficção, pois, afinal, fala de gente de verdade: é a minha vida". Agnès Varda, cineasta belga radicada na frança e diretora do documentário autobiográfico As praias de Agnès, lançamento da coleção DVD|IMS, escreve sobre o processo de narrar em primeira pessoa a história da própria vida.

De dia em Paris

Mariana Newlands

07.08.11

Em destaque, cenas da capital francesa, obras de Julio Verne, a livraria Shakespeare and Company.