Equipe IMS

Rocinha mais que visível

Mànya Millen

15.03.17

Dizer que as favelas são excluídas economicamente, socialmente, culturalmente e até geograficamente do mapa da cidade é chover no molhado. Nem por isso, contudo, elas se consideram invisíveis, e muitas vêm se dedicando a movimentos de resgate de orgulho e pertencimento. É o caso da Rocinha, maior favela do Rio e considerada a maior do país, que ganha este mês o site Memória Rocinha, fruto de uma parceria entre o IMS e o Museu Sankofa.

A morte e a morte de Tintim

Carla Rodrigues

22.07.14

Eu não quero mais PMs nas ruas, quero o fim da PM tal como ela está concebida, porque estou convencida de que o absurdo do assassinato da Tintim é resultado da combinação entre corrupção, arbitrariedade, incompetência e violência desta polícia. Há anos e anos a PM fluminense justifica sua inoperância com a expressão “banda podre”, dicotomia em relação a uma suposta “banda boa”. Falta reconhecer que os dois lados da instituição são inseparáveis, um existindo para justificar o outro.

Se eu fosse eu

Equipe IMS

19.12.13

O IMS convidou Tatiana Altberg para ministrar aulas de fotografia pinhole para adolescentes moradores da Rocinha. Dessa atividade nasceu a exposição Se eu fosse eu, com imagens e textos produzidos pelos alunos, que abre em 21/12 no Rio de Janeiro.