O cineasta americano David Lynch

Divulgação

O cineasta americano David Lynch

Os filmes de julho

Cinema

03.07.17

O folheto ao pé deste texto traz a programação completa para o mês de julho da Sala José Carlos Avellar, o cinema do IMS Rio, com datas e horários das exibições e instruções para compra de ingressos.

No dia 6, o cinema exibe, às 17h, Corra!, de Jordan Peele, e, às 19h, Adivinhe quem vem para jantar, de Stanley Kramer. Após a sessão do filme de Kramer haverá um debate com o crítico Juliano Gomes, da revista Cinética. Nos dias 8 e 9, uma pequena retrospectiva de Johan Grimonprez será realizada com o apoio cultural do Consulado Geral da Bélgica no Rio de Janeiro, incluindo filmes como disque H-I-S-T-Ó-R-I-A e Orquídeas azuis.

Por ocasião dos 99 anos do nascimento do cineasta e dramaturgo sueco Ingmar Bergman, a serem completados em 14 de julho, a partir do dia 13 a sala exibe uma cópia restaurada em DCP de Gritos e sussurros. Além de ter recebido o Oscar de Melhor Fotografia, em 1973, o filme foi indicado nas categorias melhor Filme, Direção, Roteiro Original e Figurino.

O lançamento da nova série Twin Peaks (2017), de David Lynch, inspirou a programação de dois filmes do autor no cinema do IMS Rio, em cópias especiais trazidas da França: Eraserhead, seu primeiro longa, que acaba de ser disponibilizado para distribuição após restauro em 4K, e Twin Peaks: Os últimos dias de Laura Palmer. Os filmes serão exibidos nos dias 15, 22 e 23.

Cena de Gritos e sussurros, de Ingmar Bergman

Neste mês, a sala apresenta dois filmes estrelados por David Bowie. Em O homem que caiu na Terra, ficção científica do diretor Nicolas Roeg, Bowie estreia como ator de longa-metragem como o alienígena humanoide Thomas Jerome Newton, que chega à Terra com a missão de levar água ao seu distante planeta natal, que vive uma seca catastrófica. Já em Twin Peaks: Os últimos dias de Laura Palmer, de David Lynch, Bowie é o agente do FBI desaparecido Phillip Jeffries.

Desde 2013, o cinema do IMS Rio exibe uma seleção de filmes em parceria com o festival alemão Doku.Arts, dirigido por Andreas Lewin. Nesta terceira edição, serão apresentados de 27 a 30 de julho sete filmes selecionados por Lewin que têm em comum um caráter ensaístico, alguns deles inéditos no país.

 

, , , , , , , , ,