Guilherme Freitas

A arte de perguntar

Guilherme Freitas

21.03.17

Para Robert Silvers, morto na segunda aos 87 anos, a The New York Review of Books era uma extensão da própria casa. Para não deixar dúvidas, ele mantinha uma cama nos fundos do escritório.

Bastidores da notícia

Equipe IMS

07.10.16

Em uma era marcada pela multiplicação e troca de informações nas redes, em que qualquer cidadão pode se transformar num repórter em tempo real, o debate sobre o papel e a sobrevivência do jornalismo profissional só cresce. Na terça-feira, dia 11 de outubro, o IMS-RJ receberá, num evento promovido pela revista piauí, dois expoentes do jornalismo investigativo mundial, os americanos Walter Robinson e Jon Lee Anderson, que vão mostrar, através de suas experiências, o quanto o (bom) exercício da profissão ainda pode ser fundamental para a sociedade. O encontro terá entrada franca e tradução simultânea.

Leblon, 4 de fevereiro de 1999

Equipe IMS

18.07.14

João Ubaldo Ribeiro foi o tema do número 7 dos Cadernos de Literatura Brasileira, série do IMS. Para a publicação, ele deu em 1999 uma longa e preciosa entrevista, da qual selecionamos trechos a título de homenagem ao grande escritor, morto neste 18 de julho.

A crise das jornalistas

Carla Rodrigues

22.05.14

As editoras-chefe de dois grandes jornais do mundo, The New York Times e Le Monde, foram demitidas carregando a pecha de serem autoritárias, como se copiassem um modelo masculino de comandar. Mas há quem aponte sexismo das empresas ao afastá-las. Para Carla Rodrigues, no novo espírito do capitalismo, existe mais espaço para as mulheres por elas serem aquelas que ganham menos, trabalham mais e tiveram que se adaptar a vínculos flexíveis para dar conta da dupla jornada empresa/maternidade.

Jornalismo aos nove anos

Antônio Xerxenesky

16.08.12

Extra! Espetacular! Brizola chega! É com manchetes sensacionalistas que Ana Cristina Cesar abre o jornal O mundo, que escreveu, editou e encadernou em 1961, quando tinha nove anos. O jornal, que mede míseros 7,4 centímetros de altura por 5,1 cm de largura, é uma das várias curiosidades que se encontram no arquivo da autora no Acervo do Instituto Moreira Salles.

O futuro no passado

José Geraldo Couto

21.07.11

A primeira rede de computadores da Folha não era muito confiável. Dizia-se que era de fabricação paraguaia. Não tenho certeza disso, mas sei que a todo momento as matérias sumiam das telas, perdiam-se dias inteiros de trabalho, era um deus nos acuda na redação. Lembro-me nitidamente de uma noite em que, próximo do horário de fechamento do jornal, o sistema deu pau. Simplesmente parou, como um carro que "morre" por falta de bateria. Uma cena para não esquecer: o diretor do jornal, Otavio Frias Filho, e os dois secretários de redação, parados em silêncio, perplexos e expectantes, diante do terminal inerte da primeira página.