Conversas na galeria: João Masao Kamita

Vídeos

08.09.14

João Masao Kamita, arqui­te­to e pro­fes­sor do Departamento de História da PUC-Rio, foi con­vi­da­do a par­ti­ci­par de uma con­ver­sa na gale­ria sobre a expo­si­ção Richard Serra: dese­nhos na casa da Gávea, no dia 23 de agos­to de 2014, no IMS-RJ. Kamita relem­brou que Serra sur­giu no con­tex­to do mini­ma­lis­mo, tra­ba­lhan­do com a tra­di­ção da escul­tu­ra. Os dese­nhos do artis­ta nor­te-ame­ri­ca­no fogem da ideia clás­si­ca do que é um dese­nho e dia­lo­gam com o seu tra­ba­lho de escul­tu­ra e tam­bém com outras artes, como a arqui­te­tu­ra, inter­fe­rin­do no lugar onde expõe (como no rear­ran­jo da casa da Gávea, pri­vi­le­gi­an­do trans­pa­rên­ci­as e flui­dez). “Serra é um artis­ta que não acei­ta o habi­tu­al, a repe­ti­ção do pro­ce­di­men­to exis­ten­te”, afir­mou Kamita, que vê na obra de Serra um desa­fio às con­ven­ções do que é dese­nho.

Assista abai­xo ao vídeo da con­ver­sa, divi­di­da em três blo­cos:

, ,