Carla Rodrigues

Quando as palavras mudam

Carla Rodrigues

08.05.17

Se era verdade que a escolha de cada significante dizia alguma coisa a meu respeito, hoje praticamente posso escrever mensagens de texto inteiras em que a escolha das palavras se dá pelos algoritmos que ensinaram o sistema a repetir o meu repertório. O ato falho vai sendo, assim, substituído pelo erro do “autocompletar”. Se com Freud havíamos aprendido a “repetir, elaborar, recordar”, um século depois talvez a tríade esteja sendo superada por novas formas de submissão aos algoritmos.

Romance de desformação

Carla Rodrigues

06.08.14

O que amar quer dizer, primeiro romance do francês Mathieu Lindon a ser publicado no Brasil, narra a amizade do autor com o filósofo Michel Foucault em um relato pautado por uma série de transgressões. Na opinião de Carla Rodrigues, Lindon joga com a forma do romance de formação para refletir sobre uma mudança de paradigma no mundo: antes e depois do maio de 68.

Schroeter: cinema e paixão

José Carlos Avellar

07.08.13

"Werner Schroeter foi um diretor que fez cinema movido pela paixão". José Carlos Avellar apresenta a trajetória do realizador alemão, que terá 16 filmes exibidos na mostra Entre a Avant-Garde e o Cinema de Arte, em cartaz no Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro de 9 a 22 de agosto.