Equipe IMS

Crime, castigo e compaixão nas Filipinas

José Geraldo Couto

05.05.17

Assistir a um filme do filipino Lav Diaz é uma experiência tanto sensorial como espiritual.  Rodado em preto e branco, com os longos e belos planos fixos característicos de Diaz, A mulher que se foi, ganhador do Leão de Ouro no último festival de Veneza, é uma obra comparativamente curta na filmografia do diretor: não chega a quatro horas de duração.

A imaginação literária (I): O cérebro do jaguar

Léo Schlafman

13.05.13

Em O cérebro do jaguar, primeira parte da trilogia A imaginação literária, que será publicada ao longo da semana no Blog do IMS, Léo Schlafman parte de uma frase de Lautréamont sobre Shakespeare para discutir as possíveis diferenças de intensidade entre a leitura feita por um escritor e aquela realizada por um leitor comum - que pode até ser mais sincera.