Acervo de Drummond no IMS

Vídeos

01.06.11

O Instituto Moreira Salles rece­beu no mês de novem­bro de 2010 o acer­vo pes­so­al do escri­tor Carlos Drummond de Andrade (1902–1987). A cole­ção, sub­me­ti­da a inven­tá­rio e cata­lo­ga­ção, é com­pos­ta — entre outros itens — por livros da bibli­o­te­ca de Drummond, edi­ções de publi­ca­ções do pró­prio escri­tor, car­tas, dese­nhos, fotos e todas as crô­ni­cas que Drummond escre­veu para o Jornal do Brasil, arqui­va­das por ele mes­mo ao lon­go dos 15 anos em que tra­ba­lhou para o jor­nal, de 1969 a 1984. Todos esses docu­men­tos esta­vam sob os cui­da­dos da famí­lia. A cole­ção fica­rá sob a guar­da do IMS em regi­me de como­da­to, por 10 anos. Após a rea­li­za­ção do inven­tá­rio quan­ti­ta­ti­vo e a cata­lo­ga­ção do mate­ri­al, inter­nau­tas e pes­qui­sa­do­res pode­rão ter aces­so à gran­de par­te des­se acer­vo pela inter­net e na Reserva Técnica Literária do IMS-RJ. Abaixo, Flávio Pinheiro (supe­rin­ten­den­te exe­cu­ti­vo do IMS), Samuel Titan (coor­de­na­dor exe­cu­ti­vo) e Eucanaã Ferraz (con­sul­tor de lite­ra­tu­ra) falam sobre Drummond e seu acer­vo.

,