Ferreira Gullar lê ‘Poema sujo’

Vídeos

26.04.11

Ferreira Gullar é um dos nomes cen­trais da poe­sia con­tem­po­râ­nea bra­si­lei­ra. Abaixo, um tre­cho da lei­tu­ra do seu Poema sujo pelo pró­prio autor, em gra­va­ção rea­li­za­da pelo IMS e a VideoFilmes. A fil­ma­gem data de 2005 e teve coor­de­na­ção geral de João Moreira Salles; como entre­vis­ta­dor, Antonio Fernando de Franceschi. A dire­ção de foto­gra­fia cou­be a Walter Carvalho.

O DVD de Poema sujo, com a lei­tu­ra na ínte­gra, foi lan­ça­do no dia 28/9/10, no IMS-RJ, e pode ser adqui­ri­do em nos­sa loja onli­ne.

Escrito em Buenos Aires entre maio e outu­bro de 1975, Poema sujo che­gou ao Brasil no mes­mo ano, gra­va­do em uma fita cas­se­te tra­zi­da por Vinicius de Moraes, que se encon­trou com Ferreira Gullar na Argentina. Em tem­pos de dita­du­ra mili­tar em mui­tos paí­ses da América Latina, seria mui­to arris­ca­do desem­bar­car com um poe­ma redi­gi­do em papel, daí a ideia de gra­vá-lo em fita cas­se­te, na voz do pró­prio Gullar. A fita não cha­mou aten­ção na alfân­de­ga e em pou­co tem­po, já trans­cri­tos, os ver­sos de Gullar cor­re­ram a cida­de do Rio de Janeiro e, ao lon­go dos anos, tor­na­ram-se um clás­si­co da lite­ra­tu­ra bra­si­lei­ra.

A ideia de regra­var o poe­ma par­tiu de Antonio Fernando de Franceschi, poe­ta e então dire­tor do Instituto Moreira Salles, em 2005, quan­do os ver­sos com­ple­ta­ram 30 anos.

MAIS

DVD de Poema sujo: além da lei­tu­ra inte­gral do poe­ma, o DVD traz uma entre­vis­ta con­ce­di­da por Gullar a Antonio Fernando de Franceschi, na qual o poe­ta des­cre­ve o con­tex­to em que pro­du­ziu a obra. E tam­bém um encar­te com tex­tos de Paulo Mendes Campos e Vinicius de Moraes.

,